Tire suas dúvidas sobre os principais tipos de telhas - Autor: bim.bon - Acerte na hora de escolher o tipo de telha para o seu projeto. O bim.bon preparou este guia para esclarecer as principais dúvidas entre os materiais e características das opções de telhamento disponíveis no mercado. Acompanhe as dicas de produtos, cores e teste a resistência do seu telhado contra a chuva e o vento a seguir: Um dos fatores mais importantes é planejar o telhado desde o início. Seguir as recomendações do fabricante e cumprir com o grau de inclinação indicado também podem fazer toda a diferença em relação à durabilidade e resistência das telhas. Verifique se o projeto consegue suportar o peso extra e se o forro precisa de manutenção. Na dúvida, contrate um profissional que entenda de estruturação, encaixe e fixação de telhas, além de verificar se o material é homologado pela Associação Brasileira de Normas Técnicas - ABNT. Estas medidas podem garantir a qualidade do telhado e evitar futuras goteiras e infiltrações. Agora que você conhece os passos básicos, vamos detalhar um pouco mais sobre os tipos de telha: São as mais antigas e comuns em construções brasileiras. De origem portuguesa, as telhas feitas de barro garantem a vedação e manutenção do conforto térmico. Há vários tipos e formatos: coloniais, francesas, romanas, portuguesas, etc. Mas especialistas recomendam a opção por produtos que já vem esmaltados de fábrica, para conferir maior proteção e durabilidade ao telhado. Novidade no mercado. Oferecem uma grande variedade de formato e cores. A impermeabilidade em relação aos outros tipos de telhas é um fator a mais, além de serem mais econômicas por utilizarem menos madeiramento. Entretanto, são mais pesadas e precisam ser limpas pelo menos uma vez ao ano. O esmaltamento não costuma vir de fábrica, portanto recomenda-se a aplicação de alguma resina protetora. São a opção mais econômica dentre as citadas, geralmente utilizadas em construções mais simples. As opções de graus de inclinação e aparafusamento direto na madeira da estrutura são propriedades que destacam-se nesse tipo de telha, mas nem tente subir ou andar sobre ela, já que pode quebrar facilmente. A vida útil deste material é mais curta e o conforto térmico fica em desvantagem em comparação às outras modalidades. O revestimento em alumínio e aço galvanizado é resistente a corrosão e torna o produto mais durável. A refletividade dos raios de sol afasta o calor. É o tipo de telha mais utilizado para cobrir grandes vãos, dado que apenas uma chapa tem no mínimo 4 metros. Utilizadas em conjunto com telhas cerâmicas ou de concreto. Proporcionam iluminação abundante e devem ser aplicadas em ambientes bem-planejados, para não dar um aspecto amador aos espaços. Escolha esse tipo de produto junto com a opção e formato de suporte, assim as telhas vão se encaixar corretamente. Têm formato semelhante às telhas metálicas e de fibrocimento, mas apresentam o diferencial de oferecerem proteção avançada contra raios UV e maior vida útil. Geralmente compõe coberturas e fechamentos verticais e são escolhidas por não amarelar ou perder a transparência. A instalação requer certos cuidados: deve ser feita com materiais que não danificam, como neoprene ou edpm - borrachas sintéticas. Outra recomendação é manter as telhas protegidas até a hora de sua utilização, para evitar danos e quebras devido a sua natureza frágil. Leves e fáceis de instalar. Feitas de fibras vegetais recicladas de sisal, madeira, bananeira ou coco, são impermeabilizadas e adicionadas de betume para resistir ao sol e ao calor. Vários pigmentos vermelhos, verdes, pretos e marrons podem ser utilizados para dar estilo a esta opção sustentável. Evite goteiras e baldes pela casa com medidas simples. Primeiro, você deve entender a estrutura básica do telhado para idenfiticar problemas, que consiste em quatro camadas: laje, impermeabilização, madeiramento e telhado. Subir entre a laje e o madeiramento no período da manhã pode ajudar a encontrar telhas quebradas, rachadas e fissuradas, que são melhor visualizadas com a claridade. Ao perceber algo de errado, contate um profissional. Evite fazer reparos por si só se você não tem conhecimento especializado, os materiais podem quebrar ou até mesmo intensificar o vazamento. Mas nem tudo é responsabilidade das telhas. O madeiramento também pode ser a fonte do problema, e pode ser checado ao observar curvas ou empenamento do telhado. É importante ressaltar que esta camada dura em média 25 anos, já que sofre com cupins e as intempéries do tempo. Além disso, uma manta impermeabilizante pode ser instalada para prevenir e evitar pequenos vazamentos, que podem surgir de falhas e movimentos das telhas. Isto também ajuda a manter o conforto térmico da residência. Se você já tem uma manta instalada, pode verificar os transtornos mais facilmente, ao tapar as saídas das calhas e enchê-las com água. Se vazar, há problemas na impermeabilização. 0 Tudo depende do seu gosto pessoal, mas especialistas afirmam que tons escuros são mais fáceis de combinar e deixam a sujeira aparecer menos. Em contrapartida, cores claras refletem a luz do sol e não absorvem tanto calor. Procure referências e exemplos nos projetos reunidos na seção de arquitetura e confira os produtos reunidos abaixo. fotos Divulgação com informações de Macetes de Construção, Hagah e Extra
Infelizmente, seu navegador não é suportado. Podem haver bugs e inconsistências no site se você contiunar usando esse navegador. Considere baixar um navegador mais atual clicando aqui.

Tire suas dúvidas sobre os principais tipos de telhas - bim.bon

Acerte na hora de escolher o tipo de telha para o seu projeto. O bim.bon preparou este guia para esclarecer as principais dúvidas entre os materiais e características das opções de telhamento disponíveis no mercado.

Acompanhe as dicas de produtos, cores e teste a resistência do seu telhado contra a chuva e o vento a seguir:

telha

Um dos fatores mais importantes é planejar o telhado desde o início. Seguir as recomendações do fabricante e cumprir com o grau de inclinação indicado também podem fazer toda a diferença em relação à durabilidade e resistência das telhas.

Verifique se o projeto consegue suportar o peso extra e se o forro precisa de manutenção. Na dúvida, contrate um profissional que entenda de estruturação, encaixe e fixação de telhas, além de verificar se o material é homologado pela Associação Brasileira de Normas Técnicas - ABNT.

Estas medidas podem garantir a qualidade do telhado e evitar futuras goteiras e infiltrações. 

Agora que você conhece os passos básicos, vamos detalhar um pouco mais sobre os tipos de telha:

as telhas cerâmicas são utilizadas há muito tempo e estão presentes nas maiorias das residências dos brasileiros.

São as mais antigas e comuns em construções brasileiras. De origem portuguesa, as telhas feitas de barro garantem a vedação e manutenção do conforto térmico. Há vários tipos e formatos: coloniais, francesas, romanas, portuguesas, etc. Mas especialistas recomendam a opção por produtos que já vem esmaltados de fábrica, para conferir maior proteção e durabilidade ao telhado.

telhas de concreto são novidade no mercado.

Novidade no mercado. Oferecem uma grande variedade de formato e cores. A impermeabilidade em relação aos outros tipos de telhas é um fator a mais, além de serem mais econômicas por utilizarem menos madeiramento. Entretanto, são mais pesadas e precisam ser limpas pelo menos uma vez ao ano. O esmaltamento não costuma vir de fábrica, portanto recomenda-se a aplicação de alguma resina protetora.

telhas de fibrocimento são leves, mas exigem cuidado na instalação.

São a opção mais econômica dentre as citadas, geralmente utilizadas em construções mais simples. As opções de graus de inclinação e aparafusamento direto na madeira da estrutura são propriedades que destacam-se nesse tipo de telha, mas nem tente subir ou andar sobre ela, já que pode quebrar facilmente. A vida útil deste material é mais curta e o conforto térmico fica em desvantagem em comparação às outras modalidades.

O revestimento em alumínio e aço galvanizado é resistente a corrosão e torna o produto mais durável. A refletividade dos raios de sol afasta o calor. É o tipo de telha mais utilizado para cobrir grandes vãos, dado que apenas uma chapa tem no mínimo 4 metros.

Utilizadas em conjunto com telhas cerâmicas ou de concreto. Proporcionam iluminação abundante e devem ser aplicadas em ambientes bem-planejados, para não dar um aspecto amador aos espaços. Escolha esse tipo de produto junto com a opção e formato de suporte, assim as telhas vão se encaixar corretamente.

telhas de policarbonato são bonitas e resistentes.

Têm formato semelhante às telhas metálicas e de fibrocimento, mas apresentam o diferencial de oferecerem proteção avançada contra raios UV e maior vida útil. Geralmente compõe coberturas e fechamentos verticais e são escolhidas por não amarelar ou perder a transparência. A instalação requer certos cuidados: deve ser feita com materiais que não danificam, como neoprene ou edpm - borrachas sintéticas. Outra recomendação é manter as telhas protegidas até a hora de sua utilização, para evitar danos e quebras devido a sua natureza frágil.

Leves e fáceis de instalar. Feitas de fibras vegetais recicladas de sisal, madeira, bananeira ou coco, são impermeabilizadas e adicionadas de betume para resistir ao sol e ao calor. Vários pigmentos vermelhos, verdes, pretos e marrons podem ser utilizados para dar estilo a esta opção sustentável.

saiba como evitar goteiras e infiltrações.

Evite goteiras e baldes pela casa com medidas simples. Primeiro, você deve entender a estrutura básica do telhado para idenfiticar problemas, que consiste em quatro camadas: laje, impermeabilização, madeiramento e telhado. 

Subir entre a laje e o madeiramento no período da manhã pode ajudar a encontrar telhas quebradas, rachadas e fissuradas, que são melhor visualizadas com a claridade. Ao perceber algo de errado, contate um profissional. Evite fazer reparos por si só se você não tem conhecimento especializado, os materiais podem quebrar ou até mesmo intensificar o vazamento.

Mas nem tudo é responsabilidade das telhas. O madeiramento também pode ser a fonte do problema, e pode ser checado ao observar curvas ou empenamento do telhado. É importante ressaltar que esta camada dura em média 25 anos, já que sofre com cupins e as intempéries do tempo. 

Além disso, uma manta impermeabilizante pode ser instalada para prevenir e evitar pequenos vazamentos, que podem surgir de falhas e movimentos das telhas. Isto também ajuda a manter o conforto térmico da residência.

Se você já tem uma manta instalada, pode verificar os transtornos mais facilmente, ao tapar as saídas das calhas e enchê-las com água. Se vazar, há problemas na impermeabilização.

tetos coloridos na islândia e dicas p/ escolher a cor do telhado.0

Tudo depende do seu gosto pessoal, mas especialistas afirmam que tons escuros são mais fáceis de combinar e deixam a sujeira aparecer menos. Em contrapartida, cores claras refletem a luz do sol e não absorvem tanto calor.

Procure referências e exemplos nos projetos reunidos na seção de arquitetura e confira os produtos reunidos abaixo.

 

fotos Divulgação

com informações de Macetes de ConstruçãoHagah e Extra

 

 

Outras publicações
Mostrar mais
produtos
  • renomear
  • novo projeto